Cavalos Quarto de Milha

 

Cavalos Quarto de Milha são animais fortes e musculosos, aliás eles foram originalmente criados para tarefas de fazendas, como trabalho com gado ou até mesmo grandes viagens em terrenos acidentados.

Os Cavalos Quarto de Milha são muito rápidos em curtas distâncias e devido a isso receberam o nome de “Cavalos de um Quarto ou Cavalos Quarto de Milha”. Pois eles tinham a capacidade de correr um quarto de milha muito mais rápido que a maioria dos outros cavalos.

Algumas Doenças Genéticas

Além disso, junto com os benefícios e características valorizadas, alguns desses animais herdaram doenças genéticas. Que eventualmente limitam muito a sua capacidade de se manter saudável. Além disso, também impedem de realizar algumas atividades.

Estas enfermidades, a princípio, são causadas devido a genes defeituosos que são passados de geração para geração. Entretanto, estas doenças podem ser fáceis de curar ou às vezes nem tanto, podendo assim, inesperadamente, levar a morte do animal.

Entretanto, iremos conhecer algumas destas enfermidades agora.

 

Cavalos Quarto de Milha – Paralisia periódica Hipercalêmica (PPH)

 

cavalos quarto de milha doenças

Paralisia periódica Hipercalêmica em Cavalos Quarto de Milha

A Paralisia periódica Hipercalêmica oferece uma condição dominante, o que significa que os potros, filhotes precisam herdar apenas um gene para mostrarem os sinais da doença.

Quando a doença foi vista?

A PPH foi vista pela primeira vez em cavalos de vaquejada, animais fortes e musculosos. Tempos depois começou a afetar diversas outras raças facilmente.

Causas e sintomas da PPH?

A PPH é causada devido um defeito na geração e condução dos impulsos eléctricos que controlam a contração muscular.

Entretanto, os cavalos de um quarto que são mais levemente afetados podem mostrar alguns tremores musculares. Já os animais mais afetados podem desenvolver fortes dores musculares, colapsos ou até mesmo a morte súbita.

Como controlar/curar a PPH?

O manejo desses Cavalos de um Quarto precisa ser preciso e cuidadoso, ele pode evitar muitos outros tipos da PPH. O fator nutricional, alimentação correta, uso de alimentos correto também é muito importante.

Eventualmente, não é recomendado usar seu Cavalo caso a PPH esteja aumentando. Assim, um bom veterinário precisa ser acionado, pois a vida de seu Cavalo está em risco.

 

Cavalos Quarto de Milha – Miopatia por Armazenamento de Polissacarídeos (MAP)

 

cavalos quarto de milha doenças

Miopatia por Armazenamento de Polissacarídeos em Cavalos Quarto de Milha

Miopatia por Armazenamento de Polissacarídeos é uma doença dominante que afeta os cavalos novos ou adultos.

Causas e sintomas da MAP?

Ela é causada devido um defeito no Gene do Glicogênio Sintase (GSN). Afeta mais de 10% dos cavalos quarto de milha e também é encontrada em outras raças. Os animais afetados podem apresentar uma forte rigidez muscular e cãibras, que podem ser leves ou graves.

Em alguns casos, os cavalos com MAP são incapazes de exercer normalmente seus serviços por causa da fraqueza, dor e resistência em se movimentar.

Como controlar/curar a MAP?

A MAP pode ser controlada pela alteração na dieta para minimizar a ingestão de hidratos de carbono (glicídios) como cereais.

 

Cavalos Quarto de Milha – Hipertermia Maligna (HM)

 

cavalos quarto de milha doenças

Hipertermia Maligna em Cavalos Quarto de Milha

Hipertermia Maligna é outra doença dominante que pode estar presente nos cavalos quarto de milha e nunca ser descoberta.

Causas e sintomas da Hipertermia Maligna?

O HM pode aparecer pelo uso de algum Analgésico Halotano ou por uma tensão extrema. Assim, os relaxantes musculares também podem desencadear a Hipertermia Maligna em um cavalo.

Portanto, o cavalo que possui Hipertermia Maligna pode mostrar um aumento extremo da temperatura corporal. Eventualmente, acompanhado de perturbações no ritmo cardíaco, alta pressão arterial, degradação dos tecidos musculares e às vezes a morte.

Como controlar/curar a Hipertermia Maligna?

Tal doença precisa de sérios cuidados veterinários, por isso é recomendado que antes de mais nada você entre em contato com algum veterinário na sua cidade com o fim de conseguir o tratamento correto de seus animais.